A partir de hoje, 06 de julho de 2017, a Colômbia entra no GLOBAL-PPH, composto por 24 países de diferentes continentes, sendo o primeiro país da América Latina a aderir à rede.

O GPPH permite que os requerentes de patentes para solicitar acelerou em qualquer dos escritórios dos países envolvidos se qualquer um dos outros escritórios uma decisão favorável é emitido exame patenteabilidade.

Atualmente o GPPH é composto por Espanha, Finlândia, Grã-Bretanha, Hungria, Israel, Islândia, Japão, Coreia do Sul, Noruega, Nova Zelândia, Polónia, Portugal, Rússia, Suécia, Singapura, Estados Unidos, Áustria, Austrália, Canadá , Alemanha, Dinamarca, Estónia, países nórdicos (representados pelo Instituto nórdico) e Colômbia.